quinta-feira, 26 de março de 2015

Você leva uma vida simples??? Veja o que diz o filósofo Mário Sergio Cortella

Dengue avança em Ribeirão Bonito

O número de infectados pelo mosquito transmissor da Dengue vem crescendo em Ribeirão Bonito conforme informou a Secretária da Saúde Maria Eliza Alboléia nesta quinta(26), ao Blog do Ronco.  De acordo com a planilha atual da secretaria, 202 casos suspeitos foram notificados. Desse total, 63 casos apresentaram sorologia positiva, ou seja, pessoas acometidas pela doença. Outros 60 casos foram descartados não apresentando soro positivo ou mesmo pessoas que não se submeteram ao exame de sangue. Os 77 restantes aguardam o resultado laboratorial.

Ainda de acordo com Maria Eliza, a prefeitura tem intensificado o trabalho com agentes no combate à Dengue nas residências. A primeira etapa foi a nebolização na parte externa e atualmente o trabalho se concentra no interior dessas residências. O maior problema encontrado pela equipe de agentes está na negligência da manutenção das calhas de águas pluviais, onde estão sendo encontrados os maiores focos do mosquito, pelo fato do acúmulo de água parada nesses locais.

Em contato com o médico Marcos Baldavira Ferreira, o mesmo revelou que ainda é grande o número de pessoas que procuram o pronto atendimento no PS local com sintomas da Dengue.

Faça a sua parte
É importante que cada cidadão faça a sua parte nessa guerra contra a Dengue. Cidades onde o controle é maior, a doença se mostra controlada.

A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.

Piloto estava preso fora da cabine quando avião da Germanwings caiu, diz 'NYT'

Um militar envolvido na investigação sobre a queda do Airbus A320 da Germanwings nos Alpes franceses afirmou nesta quarta-feira que um dos pilotos deixou a cabine antes de o avião perder altitude. E não conseguiu voltar ao cockpit. A informação surgiu a partir de dados do registro de voz. "O homem do lado de fora está batendo na porta, sem resposta. E então, ele começa a bater com mais força, ainda sem conseguir uma resposta. A resposta nunca vem", disse a fonte, segundo o jornal The New York Times. "Dá pra ouvir que ele está esmurrando a porta".

Na descrição feita pela fonte do jornal americano, na parte inicial do voo entre Barcelona, na Espanha, e Dusseldorf, na Alemanha, é possível ouvir uma conversa "tranquila" entre os pilotos. Até o momento em que o áudio indica que um dos pilotos deixa a cabine e não consegue entrar novamente. "Ainda não sabemos por que um deles saiu. Mas o que é certo é que, no final do voo, o outro piloto estava sozinho e não abriu a porta", disse o investigador.Fonte: Veja

Atualizado

     Copiloto do Airbus agiu deliberadamente para derrubar o avião

De acordo com o promotor que investiga o caso, as autoridades agora irão levantar o histórico do copiloto Andreas Lubitz, que não era ligado a nenhuma rede terrorista 

O copiloto Andreas Lubitz (Foto: Reprodução)

Sozinho na cabine de comando, o copiloto do Airbus A320 ativou os controles para fazer o avião descer até se chocar contra uma cadeia de montanhas dos Alpes franceses, disse nesta quinta-feira o promotor que investiga o acidente que matou as 150 pessoas que estavam a bordo do avião da Germanwings. O voo 4U-9525 partiu nesta terça-feira de Barcelona, na Espanha, com destino a Dusseldorf, na Alemanha, e caiu cerca de uma hora após a decolagem.

Segundo o promotor Brice Robin, o copiloto Andreas Lubitz trancou o piloto do lado de fora de cockpit e iniciou o procedimento de descida da aeronave "por uma razão que não temos nenhuma ideia, mas que pode ser vista como um desejo de destruir o avião". Segundo o jornal Le Monde, Robin afirmou que as investigações agora irão se concentrar na análise de personalidade do copiloto. Lubitz é alemão e não era suspeito de ter ligação com nenhuma organização terrorista.
"Não estou usando a palavra suicídio porque eu não sei, mas ele deliberadamente provocou a queda de altitude", afirma Robin. "Quando você está responsável pelas vidas de 150 pessoas, você não chama isso de suicídio, por isso não usei esta palavra."

"Mas isso não foi um acidente. Poderíamos dizer homicídio intencional", acrescentou. Mas "não há nada que sugira um ataque terrorista".
Segundo a Lufhansa, o copiloto havia sido contratado em setembro de 2013 e tinha 630 horas de voo de experiência.(UOL)

quarta-feira, 25 de março de 2015

Trabiju estréia com derrota na Copa EPTV de Futsal

A equipe de Futsal de Trabiju, que conta em seu elenco apenas com jogadores da cidade, fez sua estréia na 19ª Copa EPTV de Futsal na segunda-feira no Ginásio de Esportes Castelo Branco, o Gigantão, em Araraquara. Enfrentou a forte equipe de Bueno de Andrada, que contou com vários jogadores contratados de outras cidades, inclusive o Migué, de Bocaina, que é um dos melhores jogadores de futsal da região de Jaú. Trabiju foi goleado por 6 a 1.
Apesar de todas as dificuldades e diferenças técnicas e do placar elástico, os “meninos” de Trabiju demonstraram muita garra. Em alguns momentos conseguiram realizar bonitos lances que encheram os olhos da torcida presente ao Gigantão. O único gol marcado pelos trabijuenses sai dos pés do número 17, Davi, que ao entrar em campo deu mais movimentação a equipe.

O técnico de Trabiju, Vanderlei Amaral, disse que sabia que encontraria dificuldades atuando apenas com jogadores pratas da casa. Em contrapartida, o treinador diz que isso dá experiência a esses garotos, que num futuro próximo poderão disputar essa mesma copa com grandes chances. “Podem até ser campeões no futuro, já que as estrelas que estão disputando neste ano no início também não tinham toda essa experiência”, observa.

O prefeito Fabrício Vanzelli, que assistiu a partida no Gigantão, disse ter ficado satisfeito com a participação dos meninos. “Apesar da diferença técnica, eles jogaram com afinco e muita garra e em momento algum demonstraram medo frente aos experientes adversários. Isso mostra que estamos no caminho certo e pela primeira vez disputamos uma copa da importância dessa da EPTV apenas com jogadores da cidade, a maior parte oriundos da Escolinha Municipal de Futebol, criada nesta administração.Por isso, sinto muito orgulho desses garotos”, finalizou Fabrício.


O próximo compromisso da equipe de Trabiju será no dia 30 de março contra Descalvado no Ginásio Nelson Rugger, 20h15, em Araras

Com informações: Antonio Teixeira

Dourado realiza Fórum sobre Aprendizagem

Aconteceu nesta terça-feira (24), no Auditório do Departamento de Educação em Dourado, o Fórum sobre Aprendizagem, promovido pelo Rotary Club de Dourado e Ribeirão Bonito, com o apoio da Prefeitura Municipal de Dourado. Estiveram presentes jovens, empreendedores da cidade, integrantes do Rotary, o diretor do Departamento de Educação Henrique Gonçalves e o prefeito de Dourado Juninho Rogante.

O evento contou com as palestras da equipe da Gerência Regional do Trabalho de São Carlos (GRTE), que apresentou a Lei de Aprendizagem e de Renato Malta, Supervisor do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), que discursou sobre o Programa Aprendiz Legal. Entre os temas abordados no encontro estavam: a inserção do jovem aprendiz no mercado de trabalho e a legislação vigente para a sua atividade.

O Fórum tem como objetivo implantar em Dourado o programa Aprendiz Legal, que beneficiará jovens e empresas.

O jovem, sem experiência, não é bem aceito pelo mercado de trabalho, deste modo o programa irá prepara-lo com conhecimento, habilidade e comportamento profissional, e inseri-lo no mercado. Já o empreendedor receberá um funcionário jovem especializado na área, onde poderá molda-lo de acordo com o segmento da empresa.



Aprendiz Legal
Buscando contribuir para a formação de jovens autônomos, que saibam fazer novas leituras de mundo, tomar decisões e intervir de forma positiva na sociedade, surgiu o Aprendiz Legal. Um programa de aprendizagem voltado para a preparação e inserção de jovens no mundo do trabalho, que se apoia na Lei 10.097/2000, a Lei da Aprendizagem. O Centro de Integração Empresa-Escola e a Fundação Roberto Marinho estão juntos nessa ação oferecendo à empresa a oportunidade de formar um profissional alinhado com o mundo do trabalho.
A Lei determina que empresas de médio e grande porte contratem jovens de 14 a 24 anos, para capacitação profissional (prática e teórica), cumprindo cotas que variam de 5% a 15% do número de funcionários efetivos qualificados. É facultativa a contratação de aprendizes pelas microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP).

Metodologia
Com o foco no desenvolvimento social e humano, o Aprendiz Legal busca contribuir para a formação de jovens autônomos, capazes de intervir de forma positiva no seu trabalho, na sua vida e na sociedade. Essa proposta também prevê a inclusão de pessoas com deficiência, disponibilizando o material impresso em audiolivros e vídeos com inserção de LIBRAS.
A proposta pedagógica propõe o desenvolvimento competências e habilidades para o trabalho, com um material de formação que traz atividades desafiadoras, pautadas nos contextos do mundo do trabalho e das culturas juvenis, que dão significado aos conceitos específicos de cada curso. A abordagem interdisciplinar desses conceitos permite flexibilidade na organização do curso pelos educadores.
Na empresa, o aprendiz aplica os conhecimentos adquiridos na formação teórica e desenvolve seu aprendizado com a prática, a orientação do seu educador corporativo e a contribuição dos colegas de trabalho.

Padre Ricardo Alexandre é efetivado como pároco de Trabiju


O padre Ricardo Alexandre Pinto, que chegou a Trabiju no dia 29 de outubro de 2014, para substituir o padre João Batista, afastado por problemas de saúde, foi nomeado definitivamente como pároco da Matriz de Santana e São Benedito. Ele assumiu a paróquia em missa celebrada no dia 13 de novembro passado, mas agora saiu no dia 3 de março último a provisão episcopal, pelo bispo dom Paulo Sergio Machado, nomeando-o pároco da cidade.

Desde sua chegada até os dias atuais os trabijuenses tem apoiado o novo padre, comparecendo em massa em suas missas e também nos festejos e comemorações realizados pela igreja.

Entre as novidades implementadas pelo novo pároco estão a abolição do folheto da missa. O dinheiro gasto com a impressão desse material será empregado em outras necessidades da igreja. Com isso, também está sendo possível mudar a linguagem durante as celebrações e buscando a aproximação dos católicos, principalmente dos jovens, à igreja.

Dourado, como tantas outras cidades pequenas sofre com a atual crise

        Dourado tem uma particularidade, a cana de açucar tomou conta do município
Dourado-SP                                                                                                Foto: Ronco

Sergio Ronco
O comércio de Dourado está sofrendo o baixo movimento em decorrência de vários motivos, entre os quais, podemos citar a agricultura que tomou o rumo da monocultura da cana de açucar. No passado as propriedades agrícolas experimentaram a diversificação com culturas variadas de milho, algodão, pastagens e outras. Em consequencia disso, o movimento era grande e comércio se beneficiou diretamente do bom momento.

Quando foram iniciadas a troca dessas lavouras por cana, o comentário geral era de que essa cultura era a mais rentável. Verdade é que em alguns anos ela foi muito rentável mesmo. Hoje está de arrasto, remuneração baixa ao agricultor, inclusive com algumas usinas dispensando funcionários , devolvendo terras arrendadas e  atrasando e muito o pagamento de lavouras já colhidas para os agricultores. Isso reflete diretamente no comércio local. 

Soma-se a isso tudo, a crise que o país passa, o aumento da inflação, a corrupção gritante e a diminuição do poder de compra da população. Não há receita e nem milagre para esse impasse. 

Dourado depende de poucas empresas que empregam um número considerável de trabalhadores, as demais empresas, todas pequenas não absorvem o mínimo de empregos necessários.

Queira Deus que esteja redondamente errado, mas o futuro é sombrio e sem muita opção. A saída, na minha opinião, é fazer uma reengenharia de cada negócio e tê-lo literalmente em mãos. A situação atual não permite erros, amadorismos e displicências, caso contrário, fatalmente haverá prejuízos.

Ribeirão Bonito, Dourado, Boa Esperança do Sul, região privilegiada com muita mata nativa

Ribeirão Bonito possui uma das reservas florestais mais extensas do Estado. 

Reserva em propriedade rural em Ribeirão Bonito

Ribeirão Bonito, Dourado e Boa Esperança do Sul estão localizadas em uma região
 privilegiada, centro geográfico do Estado de São Paulo. A mata nativa é densa e extensa. Os visitantes se encantam com o contato com a natureza.


"Isso que é viver", disse Maria Antonia, uma visitante que esteve em Dourado passando por Ribeirão Bonito.

"Em São Paulo não é possível mais você enxergar o horizonte, pois os grandes edifícios esconderam  toda a visão", conclui Maria Antonia.

O Ministério Público Estadual é grande responsável pela conservação da mata hoje existente, forçando os propriedades rurais a cuidar do meio ambiente de forma consciente e responsável.

Outro fator que chama a atenção dos que aqui chegam, são as construções antigas das fazendas de Dourado e Ribeirão Bonito. A Fazenda São José em Dourado, por exemplo, teve o projeto de sua sede assinado por ninguém menos que o arquiteto do Teatro Municipal de São Paulo, Ramos de Azevedo(foto acima).

Telhado em madeira peroba-rosa com  vigas lavradas em machado

Em Ribeirão Bonito, a Fazenda Santa Elisa ainda guarda traços do passado. Madeira de lei lavrada a machado,  era utilizada na construção de casas e tulhas. Um valor histórico incalculável. Até uma antiga escolinha que servia aos filhos de funcionários, ainda está em pé na propriedade.
  Sala de escola na fazenda em  Ribeirão Bonito

Quem vem de grandes centros, procura em primeiro lugar, o contato com a natureza. A fauna também atraem os turistas. Para alguns, a cana de açucar prejudicou muito os animas que vivem no mato. Outros dizem que a forma como ocorreram as queimadas, forçaram os bichos a se refugiarem em áreas livres do fogo e muitas vezes acabaram se tornando vítimas de atropelamento nas estradas o que teria diminuído muito a população dos bichos na região. A verdade é que é comum deparar com animais silvestres nas matas que circundam as propriedades rurais.
Muito verde cercando sedes de fazendas e construções rurais. São árvores enormes, como pau-brasil, jequitibá, peroba-rosa, cedro e paudalho e outras variedades.
                                    As tulhas eram construídas com muita segurança. Muitas fazendas ainda preservam as construções antigas.

terça-feira, 24 de março de 2015

Rápida: Avião de companhia alemã cai nos Alpes franceses

Um avião da companhia alemã Germanwings caiu nos Alpes franceses nesta terça-feira (24). O Airbus A320 levava 144 passageiros e 6 tripulantes e ia de Barcelona, na Espanha, para Dusseldorf, na Alemanha. 
A direção geral da Aviação Civil francesa disse que o piloto do voo 4U9525 chegou a enviar um pedido de socorro aos serviço de controle aéreo por volta das 10h45 locais (6h45 em Brasília), cerca de 45 minutos após a decolagem.
"Emergência, emergência!", disse a mensagem.
Destroços foram encontrados na localidade Meolans-Revel, um vilarejo remoto, no sul da França.
"As condições do acidente não estão claras, mas nos levam a acreditar que não há sobreviventes", afirmou o presidente da França, François Hollande. 
Mais tarde, publicou no Twitter: "Quero expressar solidariedade às famílias das vítimas. É uma tragédia.(UOL)

Alunos de Dourado protestam contra condições de salas de aulas

Alunos durante protesto em Dourado-SP                                              Fotos: Ronco

Um grupo formado por 80 alunos da rede Estadual de ensino de Dourado-SP saiu às ruas na manhã desta terça(24) em protesto às condições físicas das salas de aulas no município e também da superlotação. O grupo percorreu as principais ruas da cidade e deverá se reunir após a passeata, em local público. De acordo com o professor Lucas, seis professores que lecionam em Dourado estariam em greve por melhores condições. Panfletos foram distribuídos no comércio local.

A APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo apóia a paralisação , que segundo comunicado, 137 mil professores estariam  em greve em todo o Estado até a última sexta(20).
                        Panfletos foram distribuídos na cidade. Clique nas imagens abaixo.




Repeteco: A bela história da Escola Lélia Cecília que um dia entristeceu professores, funcionários e alunos

Bons tempos aqueles, onde na Escola Lélia Cecília tínhamos cursos profissionalizantes

 Escola Lélia Cecília Torrezan Galdino Lucato(foto: Correio D'Oeste)

Fiquei contente em ver que no Plano de Governo do candidato Nenê Forte, na área da Educação, caso seja eleito, terá o compromisso de transformar a Escola Lélia Cecília em um centro profissionalizante. Vejam, caros leitores, que Ribeirão Bonito tinha na famosa Escola de Comércio Lélia Cecília Torrezan Galdino Lucato, cursos técnicos de Contabilidade e Magistério, na formação de técnicos em contabilidade e professores.

Quantos profissionais da área, que atuam hoje na profissão em nossa cidade, ou em outras, fizeram seus cursos nessa Escola....Lembro-me bem que do dia para a noite, foi anunciado o fechamento da Escola. Foi uma tristeza para professores e alunos. Os professores foram dispensados, e os alunos perderam a opção dos cursos que estavam sendo ministrados.

 É bom lembrar, que, no início da Escola, os professores lecionavam de forma gratuita. Após isso, recebiam um pagamento simbólico. O negócio dos professores e diretores não era o salário, e sim o amor pela profissão e pela cidade.

Os alunos, que antes iam à noite para a Escola, ficaram ociosos...Na época, existia outro curso de segundo grau na cidade, na Escola Pirajá, porém o curso ali oferecido não era profissionalizante. O curso colegial capacita o estudante a cursar uma Faculdade!!! Quantos foram os técnicos em Contabilidade que saíram daquela Escola já com o CRC, emitido pelo Conselho Regional de Contabilidade...e quantos professores foram ali formados pelo curso de Magistério...Muitos são os que se serviram da formação ali administrada para seguir seu futuro profissional!!!

E a cidade recebia alunos de toda a região. Mais de 500 alunos eram atendidos pela Escola com professores, diretores e funcionários de primeira qualidade. Citamos alguns deles: A própria Lélia Cecília, Marlene, Sr. Guimarães, Dinho Torrezan, Emigdio Lucato, Maura Torrezan, Teresa Beatriz Lucato, dona Genoveva, Ayrton Faralli, Hugo Siegl Neto, Daniel Malfatti, Edemar Galhardi, Vinícius Fabri, Sergio Bragion, Tuio, Sonia Saab, Isadora Pincelli, dona Zizi, Ana Amélia, Bela, Maria Clara, Laura Carmezini, Lucimara Torrezan, Antonio Carlos Pasqualle, Miriam Caron, Idalina Zambon, Sinara, Beatriz Custódio, Silviane, Marta Caron, Marilda, Lucia Marcato, Lucia Lucato, Marisa Chambroni, Dilson Lucato, Joi, Beto Piccolo, Vera, Rita, Claret, Leia Galhardi, Cecília, Gloria Sanches, Conceição Carneiro, Maria José Veiga, Carminha Cianfloni, Salvador Mascaro, Toti, Eurides e tantos outros... Além dos cursos profissionalizantes, tivemos também o supletivo de 1º e 2º graus. Esse supletivo era uma forma de oferecer às pessoas com mais idade, e também a trabalhadores, a oportunidade para que pudessem recuperar o aprendizado em um tempo mais curto. Era dar chance a quem não a tivera no tempo certo!

Tenho certeza que muitos dos que estão lendo este texto sentirão saudades da Escola Lélia Cecília, dos professores, dos servidores e dos próprios alunos.

Fecharam a Escola de Comércio, acabou com o sonho de muitos alunos e professores. Os cursos profissionalizantes deixaram de existir em Ribeirão Bonito. A opção do supletivo para aqueles que trabalhavam e queriam estudar havia terminado.
Essa história triste faz parte de um passado que entre outros desmandos administrativos, deixaram a cidade em “pandarecos”. Não quero aqui enveredar pelos motivos reais do fechamento da tradicional Escola, apenas lembrar o ocorrido. Quem sabe, poder sonhar com a volta da Escola profissionalizante que marcou época na cidade.

E não somente o possível resgate dos cursos profssionalizantes, mas também, o próximo administrador terá que olhar com carinho para a área da Educação, prestigiando e apoiando os professores e demais funcionários no dia-a-dia dessa importante tarefa que é educar.

Uma das melhores maneiras de reconhecer o profissional e o seu trabalho é os remunerando dignamente. O trabalho corretamente remunerado dignifica o profissional. Segundo Jiron Matui, o professor é representante do movimento de mudança social e das grandes aspirações da humanidade.
Ronco 
Jornalista
MTB 44439 

Programação da Semana Santa em Ribeirão Bonito


segunda-feira, 23 de março de 2015

Convite


Aos 74 anos, morre no Rio o ator Claudio Marzo, vítima de um enfisema

Divulgação/TV Globo
 O ator Claudio Marzo, conhecido por papéis como Duda de "Irmãos Coragem" (1970), o coveiro Orestes de "Fera Ferida" e o José Leôncio de "Pantanal", morreu na manhã deste domingo (22), aos 74 anos, em decorrência de complicações de um enfisema pulmonar. Ele estava internado no CTI da Clínica São Vicente, na Gávea, desde o último dia 4 de março. (UOL)

domingo, 22 de março de 2015

Aguardem: "Saudade não tem idade", na BJ FM, a Rádio da Cidade


Nota de Falecimento

Faleceu, hoje, por volta das 13:30 horas, em trágico acidente automobilístico, o Ribeirão Bonitense, Afonso Celso Ianhez.
 
Afonso, filho dos saudosos Luiz Ianhez e dona Adélia Passareli Ianhez,  64 anos.
 
O acidente ocorreu perto de Muriaé, Minas Gerais, de onde seu corpo será transladado para Goiânia, local em que será velado e sepultado, muito provavelmente no dia de amanhã.
 
Geólogo, formado pela USP, Afonso sempre se arriscou pelas estradas desse país, prospectando minerais.
 
Hoje, infelizmente, as estradas deste país, fizeram mais uma vítima, pois a causa do acidente, segundo informações recebidas até agora, foi uma enorme cratera existente na pista da BR-116.
 
Afonso residia em Goiânia há mais de 30 anos.
 
Deixa duas filhas casadas e uma neta, além dos irmãos Gilberto, Estevan, Argemiro e Álvaro Ianhez.

* Com informações de João Issa

"A Corrupção é suja", disse o Papa Francisco

"A Corrupção é Suja"! Palavras do Papa Francisco. "Uma sociedade corrupta é uma porcaria", completou o pontífice. E você o que acha do CORRUPTO??? 

sábado, 21 de março de 2015